A segurança da Internet tem o seu próprio nome: Blockchain

Muitos dos avanços tecnológicos foram consequência de outros que às vezes foram bons e outras vezes ruins. Por exemplo, considera-se que a Internet nasceu quando o Departamento de Defesa dos Estados Unidos utilizou o protocolo TCP / IP, ou como Fleming inventou a penicilina devido a um descuido na sua pesquisa sobre a bactéria estafilococo. Bem, algo semelhante acontece com a melhor segurança que temos agora em nossas mãos: o nascimento da tecnologia Blockchain como ferramenta de segurança na criação da primeira moeda digital do mundo, a criptomoeda Bitcoin.
A primeira aplicação prática do Blockchain é o Bitcoin. É uma base de dados rápida e segura que pode ser aplicada a vários setores da nossa vida diária: “a Internet das Coisas”. Da mesma forma que hoje usamos a Internet, direta ou indiretamente, todos acabaremos utilizando a tecnologia Blockchain e, portanto, devemos ser formados para entendê-la.
Esta base de dados é de código aberto, público e transparente. O utilizador pode usar e beneficiar sem qualquer limitação. O seu potencial está aí, ele é como uma criança que começa a crescer e ainda nem é um adolescente.
Quer saber mais sobre o seu uso? Muito do que pode ser criado ainda não foi criado. Isto está apenas no início, a tecnologia Blockchain agrega valor de uma forma diferente, segura e eficaz. Pode ser usada de forma autónoma e descentralizada, com uma infinidade de aplicações como criptomoedas, segurança, finanças, logística e setor médico.
Prepare-se para a nova era da Internet! Vamos um passo à frente!

This Post Has One Comment

  1. Letícia Lima

    Muito interessante! Não sabia que as moedas digitais eram assim tão seguras.

Deixe uma resposta